Como nasceu o Gastão?

Como nasceu o Gastão?



Como nasceu o Gastão?

adquiriu as suas características atuais. Passou a ser uma pessoa de tanta sorte que, às vezes, até irrita os habitantes de Patópolis e principalmente o Donald. Também passou a vestir-se com mais elegância: chapéu de feltro, gravata borboleta e polainas. Até o tom de seu cabelo ondulado, que era castanho na primeira história, tornou-se mais claro para combinar com as penas brancas! Em todas as histórias do Gastão, o Donald participa como o seu oposto. Não que ele seja azarado. O problema é que para conseguir qualquer coisa, o Donald precisa fazer um enorme esforço, como aliás acontece com todo mundo. Assim, enquanto o Donald tem que dar duro todo o mês, trabalhando sem descanso pelo magro salário que lhe paga o Tio Patinhas, o Gastão é um boa-vida, que não trabalha, não se esforça e tem tudo o que deseja! Mas essa vantagem do Gastão é aparente. Embora ele obtenha tudo que quer e por mais coisas que ele consiga, na próxima aventura já perdeu tudo e tem de começar do nada outra vez!
Um dos melhores exemplos desse "azar" que o excesso de sorte do Gastão causa, está na disputa pelo amor da Margarida entre ele e o

Piada de Roberto Ossamu Fukue, um dos desenhistas Disney que fazem parte dos estúdios da Editora Abril
Donald. No começo, o Donald sempre perdendo. Mas, aos poucos, sorte do Gastão vai afeta negativamente a Margarida, as coisas começam a dar errado também para ela e o resultado é que o Donald e a Margarida terminam juntos, quanto o Gastão fica só com a sua sorte! Mesmo sendo um pouco gabola e convencido, o Gastão é um dos mais queridos personagens da galeria Disney. Além disso, suas aventuras têm uma importante mensagem: elas provam que a sorte não é tudo. As melhores coisas da vida só podem ser conseguidas com algum esforço!
SORTE, AZAR ou simplesmente acaso, o fato é que coisas inesperadas acontecem com todo mundo. Contudo, existem pessoas que parecem predestinadas. São aquelas que, ao que tudo indica, o acaso escolheu, para bem ou para mal. Umas são azaradas: vivem tropeçando, perdem em qualquer jogo que entrem e assim por diante. Já existem outras que têm uma sorte incrível: vivem encontrando objetos valiosos, livram-se de desastres da forma mais inacreditável, e conseguem tudo, sem precisar fazer quase nada. É o casado Gastão. O Gastão é primo do Donald. Ele apareceu pela primeira vez em 1948, desenhado pelo genial Carl Barks. Em sua primeira história, publicada pela Editora Abril em 1951, o Gastão ainda não tinha como característica a sua sorte extraordinária. O que ele possuía, então, era apenas mania de grandeza: passava o tempo todo contando vantagens para humilhar o Donald. Por isso, ele era chamado de "Zé Garganta"!
Até hoje e, o Gastão continua contando vantagens; mas, já nas histórias seguintes, ele