A História de Maga e Min

A História de Maga e Min


A História de Maga e Min
descobriu que em Patópolis morava aquele que era considerado o homem, ou melhor, o pato mais rico do mundo: o Tio Patinhas! E, além disso, ele possuía ainda a primeira' moeda que havia ganho em sua vida: um verdadeiro talismã! Mais do que depressa, a Maga apoderou-se da moedinha nº l e correu para o Vesúvio. Mas o Tio Patinhas, auxiliado pelos seus sobrinhos Donald, Huguinho, Zezinho e Luisinho, conseguiu reaver a moeda. A partir desse instante, a Maga Patalójika passou a tentar de todas as maneiras apoderar-se da moedinha nº l do Tio Patinhas. Já a Madame Min foi criada em 1963, para o filme de Walt Disney "A espada era a lei". Ela fazia o papel da bruxa malvada, a inimiga de Merlin, o bruxo bom, que estava orientando o menino Artur para ser o futuro rei da Inglaterra. Os dois magos entram em luta, usando seus poderes, e a Min acaba derrotada. Porém, em histórias posteriores, ela tornou-se muito amiga do grande feiticeiro. Depois dessa primeira aventura na Idade Média, a Madame Min mudou-se, num passe de mágica, é claro, para perto de Patópolis, passando a ajudar a Maga em seus ataques ao Patinhas e vivendo engraçadas aventuras, onde sempre dá

Vinheta de Luis Podavim, um dos bons desenhistas Disney que fazem parte dos estudios da Editora Abril
um jeito de assustar os moradores de Patópolis.
Uma das principais características dessas bruxas é que tudo para elas funciona contrário. Assim, um belo e um dia escuro, com m relâmpagos e trovões. Sopa deliciosa é sopa de morcego, aranha e outras coisas repugnantes. Mas, apesar disso suas aparências assustadoras elas fazem mais confusões que maldades mesmo. A Min já chegou até a ajudar a polícia a prender os Metralhas embora também procure dar o Mancha Negra, por quem está sempre apaixonada, a fugir da prisão! As aventuras da Maga Patalójika começaram a ser publicadas pela Editora Abril em 1962 e as da Madame Min em 1965. E de lá para cá o sucesso delas cresceu tanto que até parece magia!

Em 1965, primeira aparição de Maga & min juntas, numa publição da Abril
MAUS-OLHADOS infalíveis, feitiços a granel, poções mágicas de vários tipos, pragas de todos os modelos, os mais modernos encantamentos. . . Fazer esses e outros trabalhos ainda mais estranhos constitui o dia-a-dia de duas terríveis (embora muito simpáticas) personagens de Walt Disney: a Maga Patalójika e a Madame Min! A Maga Patalójika foi criada em 1951, por Carl Barks, sob a supervisão de Walt Disney. Ela morava, inicialmente, numa encosta do monte Vesúvio, ganhando a vida com alguns pequenos feitiços e poções que fazia para os seus poucos clientes. Mas, como julgava-se descendente de Circe, a famosa feiticeira da Grécia Antiga, de quem Homero falou na Odisséia, ou as Aventuras de Ulisses, a Maga estava muito desgostosa com a sua vida inglória. Foi então que ela descobriu uma fórmula muito antiga, que poderia torná-la a mais poderosa das bruxas. Para isso, ela precisava apenas de seis moedas que pertencessem ou tivessem pertencido a homens ricos. Ela teria que derretê-las nas lavas do vulcão Vesúvio e fundi-Ias num amuleto! A Maga começou então a procurar homens ricos e